Interdecor
Facebook Instagram Youtube

    Susana Teixeira

    Qual a peça que mais prazer lhe deu criar e porquê?
    De todas as peças que criei, o Colar Nuvens tem um significado especial para mim, por ser capaz de, ele próprio, contar a sua história. Primeiro, o finíssimo fio de prata com que as nuvens são tecidas, e a sua forma, imbuída de significados literais e metafóricos. Depois, a filigrana a preencher, meticulosamente, os espaços vazios de cada peça, dando consistência à fragilidade inicial. Por último, a robustez materializada na união das treze nuvens: o colar.
     
    Quando cria uma coleção pensa em associar-lhe uma história? Se sim, de que forma é feito esse processo? Primeiro nasce a coleção e só depois a história ou ao contrário?
    Todas as minhas coleções têm uma história associada; é com ela que se inicia o processo criativo, que frequentemente articula a poética da natureza com a pura abstração geométrica. Primeiro nasce a ideia, traduzida por um esboço rudimentar das peças que a constituem, que com o tempo ganha forma e caracter definitivos. É esse o momento em que a coleção está, conceptualmente, pronta.   
     
    Para lá das histórias que se criam para as peças, tem alguma peça que tenha uma história real e que de algum modo o/a marcou (de forma engraçada ou comovente)?
    Está pronta a sair a público a minha nova coleção, da qual apresento, na edição deste ano da Porto Jóia, uma peça que traduz uma história real e recente. A sua criação responde a um desafio feito pelas Ourivesarias Pereirinha, em que estão envolvidas a Associação Portuguesa de Portadores de Trissomia 21 e a AVISPT21 - Associação de Viseu de Portadores de Trissomia 21. Este projeto ganhou visibilidade no festival Jardins Efémeros deste ano.
    A peça, de cariz marcadamente geométrico, sustenta-se na ideia de ‘trabalho colaborativo’, e representa a contribuição dos cinco elementos constituintes do meu grupo de trabalho. Quatro pequenas esferas desenvolvem-se em torno de uma maior que, por um lado, tem o papel aglutinador dos elementos do grupo e, por outro, confere a cada um a margem de liberdade para o ato criativo, simbolizada pelos segmentos que de si a distanciam.

     

Mater jewellery tales

Jóias com histórias que ficam na memória Qual a peça que mais prazer lhe deu cria...

Saber Mais

Raquel de Queiroz

As coleções de jóias nascem das histórias dos seus materiais   Qual a pe&cce...

Saber Mais

Eugénio Campos

Jóias únicas para momentos especiais Qual a peça que mais prazer lhe deu criar e porqu&ecir...

Saber Mais

Fernando Rocha Joalheiro

Todas as jóias contam a nossa história Qual a peça que mais prazer lhe deu criar e porqu&ec...

Saber Mais

Made To Envy

Qual a peça que mais prazer lhe deu e porquê? É difícil selecionar apenas uma peç...

Saber Mais

Jewelry Craft

Qual a peça que mais prazer lhe deu criar e porquê? Escolher a peça que mais prazer me deu faze...

Saber Mais

Goris

Qual a peça que mais prazer lhe deu criar e porquê? Pelo desafio, pelo pormenor e beleza, sem dú...

Saber Mais

Ana Rua

“Cada jóia é única pela personalidade que vai adquirindo”   Qual a pe&c...

Saber Mais

Diogo Dalloz

“As nossas colecções partem sempre de uma história” Qual a peça que mais...

Saber Mais

Allis Jewellery

- Qual a peça que mais prazer lhe deu criar e porquê? São tantas, o difícil é esc...

Saber Mais

André Rocha

Qual a peça que mais prazer lhe deu criar e porquê? Tenho várias peças que me deram imen...

Saber Mais

Nomination

Qual a peça que mais prazer lhe deu criar e porquê? Os produtos da Nomination são produzidos em...

Saber Mais

Telma Mota Atelier

Qual a peça que mais prazer lhe deu criar e porquê? Aquela que vou criar a seguir. Todo o processo de ...

Saber Mais

Claudia Barragon

Qual a peça que mais prazer lhe deu criar e porquê? Todos as peças que realizo são uma f...

Saber Mais

Ana Pina

Qual a peça que mais prazer lhe deu criar e porquê? Mais do que a peça enquanto resultado final...

Saber Mais

Woo's pure feelings

Qual a peça que mais prazer lhe deu criar e porquê? A Woo's pure feelings, é uma historia c...

Saber Mais

IGLEZIA

Qual a peça que mais prazer lhe deu criar e porquê? A IGLEZIA é um reflexo das minhas experi&ec...

Saber Mais